Thursday, 24 March 2011

Largas passadas

Sempre quando caminho em direção ao que almejo, piso fundo, bem fundo. O motivo? Olhar para trás e ter certeza de que o possível, já foi feito, trilhado. Não é preciso voltar. Seguir é preciso.

3 comments:

Lidiane said...

Às portas da minha defesa, caiu como uma luva! É preciso seguir, e seguir criando, crescendo, se reinventando. Parabéns, abraços! :-)

F! said...

Pois é, às vezes a vida não é muito legal e a gente segue caindo. Mas um tombo nunca é igual a outro! :)

Obrigada pela visita e colaboração nos comments! :)

Rafael said...

Só o peso dos pés já deixa marcas suficientes dessa jornada... se almeja algo deve-se seguir em frente.... com os pés descalços para sentir as dolorosas passadas e também o frescor da chegada!

Maravilha hein!!!!!