Tuesday, 3 March 2009

...e o medo consiste na dúvida se sou ou não a musa digna de tantos finos traços que fazes na tua tela, quais as cores que reservas para mim?

nem mesma sei se me enxergas colorida, só sei que eu te vejo brilhar cada vez mais no meu escrever...

(no meu escrever, te (des) crevo todo meu...)

1 comment:

Mel said...

Que lindo!
Principalmente essa parte:
"te vejo brilhar cada vez mais no meu escrever..."