Thursday, 5 February 2009

Sim, existem inquietações causadas pelo teu olhar que irão me assombrar durante muito, muito tempo. Talvez eu tenha certa dificuldade para dormir nos próximos dias e talvez sim nem as conversas com os amigos consigam me colocar longe de ti definitivamente.

Mas o ponto não é esse. O ponto (final) é que você partiu. Sim, partiu e a minha cabeça já racionalizou tudo isso. O meu coração não é fonte confiável pois há muito não sinto bater dentro do peito. Sim, me causavas suspiros mas ainda esses suspiros eu acho que eram apenas sinapses em voz alta de meus neurônios. É tudo tão medido aqui, tudo é pensado, calculado. É, não valho nada.

Tínhamos chances de 50% de pegar o mesmo caminho, mas como tu nunca fostes muito bom nessas coisas de direção, sentido, resolvestes ir pra lá...nem a tua sombra eu consigo enxergar.

3 comments:

Mr. Rickes said...

Esse negocio de caminhos é complicado. Não sei se o pior é ir para lados opostos ou tentar andar pelo mesmo caminho. Na minha opinião devemos nossas vidas são caminhos e quando encontramos alguem devemos andar paralelamente com essa pessoa mas nunca tentar andar sobre o mesmo caminho. Viver a mesma vida.


0/

Rody Cáceres said...

Guria...sei que em todos os posts alguém vem e diz: "Adorei"...mas não tenho outro termo para usar...pelo amor de Deus vê se aparece nas reuniões do grupo...acho que estamos formando uma forma original de escrever...bah! fico muito empolgado contigo, com o Rapha, com o Merlim e com a Michelle que ainda não conhece mas escreve muito bem...precisamos nos unir...(Bah! Me senti o Trotski no meio da comuna). Abraço.

Rody Cáceres said...

me deixa teu e-mail..