Sunday, 22 February 2009

(...) Acho que já não dá mais pra esconder, isso aqui é só sobre eu e você... afinal tu entras por essa porta todas as noites, arrancas as minhas roupas, me sequestra para outra dimensão e só depois devolve-me aos meus sentidos. É, tu és o furacão que passa, remexe tudo aqui dentro, mas quando vai embora, deixa tudo em ordem. E disso, eu gosto.

No comments: