Saturday, 16 April 2011

Fim da linha.

Não importa o que você falou, a ideia que inspirou. Você silenciou.
Não importa o quão forte tenha abraçado uma causa ou uma pessoa. Você soltou.
Não importa quantos livros você já leu e gostou, sentiu o cheiro, tocou as páginas. Você esqueceu o que tinha neles.
Não importa quantas medalhas e troféus você juntou ao longo da vida, em meio a tantas competições leais e desleais. Você perdeu.

1 comment:

GX said...

Possibilities. Futilities. They're nothing but what we've never had.