Wednesday, 9 June 2010

É difícil manter a calma quando a finitude de tudo, tudo e todo o universo bate à porta. É muito difícil comunicar-se com paredes e janelas sabendo que são os únicos seres dignos de confiança. Tudo é teto, parede, janela ou nada.

1 comment:

Michelle Vasconcelos said...

Todo poeta almeja o infinito... Essa é sua maior dor: The "sky" is out of reach!
Maybe Freak is in the Sky!

Great!