Tuesday, 16 February 2010

"Eu não sei se tenho evoluído... tudo sai tão naturalmente. Acho que o amor nos leva a sentir coisas que não estão nos livros de poesia, nem nas ficções, nem em quadro algum. Daí, a inspiração, a forma direta de escrita o que torna tudo menos pedante. Pois só o apaixonado não se acha cafona, sábias palavras de Carpinejar!

Poetar dá trabalho...mas trabalhar as palavras é parte da vida daquele que versa."

Quando meus comentários até mesmo em outros blogs, são tomados por inspiração, merecem virar fragmentos.

2 comments:

Phyhernandes said...

Também faço isso(reescrever alguns de meus comentários como pensamentos aleatórios no meu blogger).
No mais é esse o grande barato. Ser inspirado por textos de outros e inspirar outros. :)
Sei lá, não sei se me fiz entender.
Mas, não concordo que poetar dá trabalho. Mas concordo que trabalhar as palavras dá trabalho que o diga Bilac.

Freak said...

Era esse trabalho mesmo, Phy! :)