Saturday, 9 May 2009

Dark side

Esse é apenas um pequeno relato do quão duras as coisas podem ser nessa vida. É injusto que o intocado, o impossível seja o mais conflitante, o que mais grita em nossos ouvidos. Aquilo que mais pesa sobre nossos ombros.

A manhã nunca me atraiu e ainda não me atrai. Dizem que ser feliz é bom. Porque sendo feliz, ficamos felizes. Mas afinal quem sou, se nem uma gota de alegria reconheço? Nem no oceano, tampouco em um conta gotas.

É sempre a noite e sempre será a noite, tantas e tantas vezes mencionadas aqui e continuará sendo mencionada até que a escuridão decida seu cessar mas não, a escuridão nunca fica parada. Ela se move, é autêntica, dinâmica. Ela te envolve. E te dissolve tanto que te faz escrever.

2 comments:

Mr. Rickes said...

Assim como a escuridão da noite te encanta ela tbm se encanta com teus brilhos. Seja nos olhos, no sorriso ou nas palavras - escritas e/ou ditas, ou não. A beleza de do que escreves não é somente as palavras. É o mix de emoções que a noite te traz e o teu mundo que levas para a noite.

0/

luiz young said...

Não fui feito para manhãs, também.
Por isso que eu larguei o inglês.