Wednesday, 28 January 2009

Ah a chave! A maldita chave SEMPRE some quando a gente mais precisa dela. Impressionante! Já procurei por tudo, o que faço? Eu tava achando a chave da porta que dava diretamente para a porta (da frente, claro) do 'eu-nem-quero-mais-pensar-em-ti', mas parece que tu sentes que tô procurando a chave e aí apareces aí eu fico assim meio boba, meio pasma, muito pálida na tua frente embasbacada com teus olhos, eles sempre me surpreendem tu já notou isso? É sempre o mesmo olhar miudinho mas sei lá, é diferente. E a risadinha sem dente? Aquela meio irônica, meio sarcástica, aquela, aquela tua risadinha, saca? E eu fico aqui sem saber o que fazer, mas só canto com The Smiths "I never ever had no one eveeeerrr" meio que pedindo para seres o meu único mas sei que tudo isso é besteira, é tudo culpa tua e essa mania de me fazer sorrir quando eu penso que não, não pode valer a pena porque não! Não quero falar!

E assim são os sentimentos! Ondas que invadem e levam tudo ou trazem um pouquinho mais de outras coisas e levam as chaves, todas as chaves para a perdição do fundo do mar, junto com seus tesouros!

6 comments:

Usuale said...

Vento da paixão

Vento da paixão
leva daqui desilusão
me traga amor!
por favor vento
me livre da dor
de não poder mais amar
beijar...caminhar de mãos dadas
me tire da solidão

Autor: (Sandra Love)

Foi retirado pelo site:

http://www.ziipi.com/result?pesquisa=poesia+de+amor

Rody Cáceres said...

Perdi as chaves faz tempo...teu texto me lemboru um meu.. lê no meu blog o poema PERDENDO GENTE...se comentares usa a última postagem...

Leandro Kerr said...

Eu achei as chaves ! ;D

Freak said...

Não Leandro! Tu não achou chave nenhuma! Gente, as chaves são da porta da saída desse lance de amor! haishaishia Será que não fui explícita? ahsiahis =P

Rody Cáceres said...

leia também o PSICOGEOGRAFIA...acho o meu melhor

Danilo Cattani said...

Nunca acharei a chave!