Monday, 22 March 2010

às vezes, não queremos nada... nem uma palavra sequer
mas um dia tudo que queremos parece tão impossível, absurdo.

recuso-me a querer. a vida caminha cada vez mais lentamente...e a minha mente...cada vez mais rapidamente para aquilo que enxergo como solução.

No comments: