Tuesday, 3 March 2009

...só posso suspeitar, menino de cenho franzido, que nossas linhas se encontraram, mesmo que na profunda imensidão do meu imaginário...

1 comment:

César said...

De fato, aqueles que seguem linhas paralelas se encontram mesmo no infinito, "Freak" engenheira do caos. Integrar sim, mas o princípio de tudo se encontra nos limites, tu sabes. É a única forma de o cálculo dar certo. O resto? Bem, o resto são derivações.